Filosofia: um pouco de kierkegaard

O Filosofo da Angústia e da Existência 

 

O existencialismo foi um movimento filosófico plural, isto é, desenvolvido de formas diferentes por muitos pensadores. O objeto central da reflexão é a existência humana, ou seja, pretende descrever o ser humano concreto – uma realidade individual concreta não pode ser demonstrada, apenas descrita, na dramaticidade que envolve suas escolhas. Por isso se opõe a Hegel: a racionalidade de Hegel, para quem tudo o que é real, é também racional, desconsidera os aspectos que caracterizam a existência humana e escapam da explicação puramente racional. A razão não poderia dar conta dos problemas fundamentais da vida.

 https://youtu.be/Dmb1pR5hSN0

Embora o nome mais conhecido do existencialismo seja o do francês Jean-Paul Sartre (1905-80), pela influência que seu pensamento teve na França Pós-Guerra, sua discussão teve origem na tradição filosófica que valorizava a experiência humana concreta e que atribui à filosofia o dever de ter consequências sobre as nossas vidas. Dentre os pensadores que influenciaram Sartre, está o filósofo dinamarquês Soren Kierkegaard., principalmente seus conceitos de autenticidade, responsabilidade, escolha, angústia e absurdo. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s